Ansiedade e alimentação, um vínculo perigoso que necessita de atenção

Ansiedade e alimentação, atenção redobrada para não prejudicar a reeducação alimentar

Olá Amigas Proseiras, tudo bem?

Hoje vim conversar com vocês sobre o nosso comportamento, quando estamos em crise de ansiedade perante a forma de nos alimentar.
Essa relação da ansiedade e os alimentos podem ser uma bomba, que além de prejudicar a nossa reeducação alimentar pode fazer com que tenhamos um resultado contrario do almejado.



ansiedade

Estou na luta contra a balança para eliminar peso, tenho feito a reeducação alimentar e continuo fazendo hidroginástica.
Confesso para vocês que tenho fracassado, mas não desisto da minha luta.
A cada fracasso procuro onde errei para tentar corrigir, dessa vez descobri que meu problema está sendo a ansiedade, cada vez que controlo a forma que me alimento fico ansiosa e acabo descontando na comida, ou seja, por causa da ansiedade e sem perceber acabo comendo ainda mais.
Pesquisei bastante sobre essa relação da ansiedade e a alimentação, e cheguei a conclusão de que é ai que estou errando, então resolvi mostrar para vocês tudo que encontrei sobre o assunto.



ansiedade

Muitas vezes sentimos um pouco de ansiedade em determinados momentos, mas nem sempre isso significa que seja ruim.
A ansiedade pode às vezes ser benéfica, quando em situações normais nos serve de alerta aos perigos ou em situações que podem criar problemas, a ansiedade nos faz ficarmos alertas tomando atitudes para enfrentar as adversidades ou até mesmo para fugir de certos riscos desnecessários.
Por isso a ansiedade não é considerada pelos especialistas uma doença, e sim uma reação normal do organismo.
No entanto, o excesso de ansiedade pode se transformar em doença, é quando o quadro de ansiedade passa a prejudicar de alguma forma a vida e o cotidiano da pessoa.
Em geral a pessoa atribui a ansiedade em tarefas do seu dia a dia, como sobrecarga de trabalho, conflitos familiares, preocupação demasiada com a própria aparência física, entre outros.


ansiedade

Alguns sinais podem ser percebidos no dia a dia, entre eles: sensação de aflição, agonia, impaciência e inquietação
Nos dias de hoje qualquer coisa pode servir de desculpa para a ansiedade crescer, nos deixando demasiadamente ansiosos.
Além de fundamental para nossa sobrevivência a comida, ou o ato de comer pode ser prazeroso, ou uma grande válvula de escape.
Começamos o encanto no primeiro ato, que é no momento em que olhamos para escolher o que vamos comer.
No segundo ato passa pelo olfato, que é quando sentimos seu cheiro e aroma.
No terceiro ato é quando levamos o alimento a boca, sentimos o sabor e a consistência.

Nesse momento nossos sentimentos são provocados por um turbilhão de sensações que vão da saciedade até o relaxamento.



ansiedade

As pessoas quando estão muito ansiosas geralmente sem perceber, exageram na quantidade do que comem.
Se comem demais, engordam e ficam incomodadas com sua forma física, fazendo com que aumentem o grau de ansiedade, e num circulo vicioso comem mais para relaxar e assim diminuir essa ansiedade.
No momento em que a pessoa está tendo uma crise de ansiedade, acaba desenvolvendo uma crença inadequada de que a comida será a solução para sua tristeza e seus problemas.
A ansiedade muitas vezes é fruto da falta de informação, procure saber o que lhe incomoda e o que lhe aflige. 
Converse sobre o que está sentindo com alguém de sua confiança ou um profissional, que lhe ajude a ver a situação real, de maneira mais tranquila.
Quando não sabemos de algo, temos uma tendência natural a usar a imaginação e pensar em muitas coisas (quase sempre negativas) a respeito de algum assunto.No momento em que você coloca para fora o que está sentindo, já vai eliminando um pouco desse sentimento que está lhe angustiando.



ansiedade

Se a pessoa usa a alimentação para diminuir sua ansiedade, então, é necessário que se estude o que se está comendo, quando e por qual motivo.
Não existem evidências científicas de que podemos controlar ou diminuir a ansiedade por meio da alimentação.


Dicas simples para não deixar a ansiedade atrapalhar no horário da sua refeição


  • Comer devagar é importante, pois o sentimento de saciedade leva em torno de vinte minutos para se estabelecer.
  • Se dê a oportunidade de fazer suas refeições tranquilamente, mastigando bem os alimentos antes de engoli-los.
  • Quem mastiga bem, em geral sente-se saciado ingerindo assim menos quantidade e menos calorias.
  • Termine de comer antes de ficar completamente satisfeito, dê ao seu corpo tempo suficiente para que ele mande sinais ao cérebro que você já está quase satisfeito. 
  • Assim seu estômago poderá digerir a comida adequadamente, evitando assim a incômoda sensação de empanzinamento.
  • Tente manter a mente limpa enquanto come, procure dar uma folga ao cérebro, mantendo o foco nos sabores e aromas de sua refeição. 
  • Assim você aproveita melhor o que está comendo, gozando de alguns momentos de tranquilidade.
  • Em geral os ataques de ansiedade podem ser ocasionados quando estamos preocupados com algum problema.
  • A hora da refeição pode se tornar o momento ideal para relaxar e esquecer tudo que faz você descontar com excessos de comida.
ansiedade


Baseado nessas dicas que pesquisei vou recomeçar minha reeducação alimentar, acho que tem dados importantes que se parecem muito com algumas situações que fazem eu perder o meu foco.
Como a reeducação alimentar é um novo estilo de vida, acredito que seja válido a gente reconhecer que errou e procurar achar onde está esse erro e corrigir.
Com certeza o erro nesse momento da minha reeducação alimentar é esse, estou deixando a ansiedade atrapalhar minha alimentação.
O que resta agora é começar de novo, vou procurar um jeito de driblar minha ansiedade e seguir em frente com a minha reeducação alimentar!
E você o que achou do nosso post?
Deixe nos comentários a sua opinião, que para nós é muito importante nessa prosa.
Se você tem alguma dica ou sugestão que possa ajudar, não esqueça de deixar para a gente nos cometários, quanto mais dicas melhor!






                                            




*Pesquisa e imagens retiradas da internet!

19 comentários:

  1. Fernanda,
    O negócio é difícil mesmo, pois é uma coisa mecânica mesmo, depois que vamos nos dar conta que estamos comendo sem fome, pela ansiedade mesmo. Vc já tem consciência disso e isso é um passo enorme para não sair da sua meta. Coragem e força, tenha fé!
    Amei o post, super legal!
    Beijos e um bom final de semana!
    DMulheres
    @dmulheres

    ResponderExcluir
  2. Oi!!
    Ótimo o seu post.
    Sou assim, sou extremamente ansiosa e por isso cheguei a tomar ansiolíticos. Mas hoje já não tomo mais,esse é um assunto pouco tratado. Parabéns pela sua iniciativa de falar sobre a ansiedade.
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Que dicas ótimas, adorei o conteúdo do post.
    Ainda não havia me dado de conta que a ansiedade tem me feito comer demais.
    Nos ultimos dias também ando comendo sem controle, agora me dei de conta que é por conta da ansiedade.
    Vou me esforçar para seguir suas dicas, acho que vão ser de grande utilidade para mim.

    ResponderExcluir
  4. Não é nada fácil mas, como muitas coisas, é uma questão de hábito. Força!

    ResponderExcluir
  5. Éuma luta muito difícil contra a balança, mas já teve muitos vencedores e você pode ser a proxima.
    Você está certa em não desistir, esse já é um grande passo.
    O importante é não desistir, é procurar aonde errou e corrigir.
    Boa sorte nessa semana que inicia, um passo de cada vez. :)

    ResponderExcluir
  6. Que post maravilhoso! Me ajudou muito. <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda!
    Esse post veio em excelente hora pq o que eu mais tenho feito é comer por conta da minha ansiedade. Não aguento mais ficar em casa, estou a procura de emprego mas é bem difícil conseguir e controlar essa ansiedade. Estou tentando separar as fomes, mas tem vezes que é bem complicado.
    Hoje no blog tem mais um post sobre o tema #SamuelFez1. Espero que goste :)
    Beijoos <3

    Blog | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  8. Fê, adorei teu post e super me identifiquei! E aqui em casa todo mundo é meio que assim...
    Beijos

    Blog|Canal

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post e e identifiquei demais. Sou ega ansiosa e isso atrapalha muito na minha reeducação alimentar.
    Vou colocar as dicas em pratica a partir de agora.

    ResponderExcluir
  10. Eis ai um tema muito importante e que realmente requer muita atenção
    sou muita ansiosa e reconheço que muitas vezes como sem fome por conta da ansiedade e isso acaba me fazendo mal
    estou tentando me controlar mais rsrs
    amei
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho transtorno de ansiedade e muitas vezes acabo soltando na comida

    ResponderExcluir
  12. Me identifiquei, sou ansiosa e como tudo que vejo pela frente, preciso sempre me ocupar, para não comer demais. Beijos

    ResponderExcluir
  13. Sofro de síndrome do pânico e ansiedade, mas no meu caso quando estou ansiosa não tenho apetite pra nada. Perdi alguns quilos por conta disso, mas a grande maioria é o contrário sei disso, é preocupante realmente.

    ResponderExcluir
  14. Nossa Nanda Parabéns pelo post super completo vai ajudar muitas pessoas!
    Realmente é um desafio controlar a alimentação sem se deixar afetar pela ansiedade, muita força aí nessa caminhada, vc consegue!
    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  15. Nanda , sou mega ansiosa, só que a minha ansiedade está tendo efeito de falta de fome. Como forçada de 3 em 3 horas, para não por por água abaixo toda minha RA.
    Post nota 1000 !!!
    besitos

    www.blogmeamarro.com

    ResponderExcluir
  16. Ao contrario de muita gente quando fico ansiosa perco a fome já passei dias sem comer e é bem tenso. O truque eu uso é sempre me acalmar e comer mesmo sem vontade se não haja força para ficar de pé.

    ResponderExcluir
  17. A ansiedade e a compulsão alimentar andam lado a lado. Amei o post, vou mandar pra uma amiga que é especialista em compulsão.

    Beijos Luana M.

    ResponderExcluir
  18. Não é fácil, mas bora lá, também estou nessa luta. Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  19. Tenho um problema sério de anciedade. E para mtas pessoas o lance é comer pra aliviar, sou o contrário. Não como nada e perco peso em segundos.
    Ótimo post pq é um assunto mto comum e mto falado.
    Bjos

    ResponderExcluir

É sempre bom saber que você tirou um tempinho para me visitar e comentar.

Isso me deixa muito feliz e agradecida!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...