Doenças parasitárias do seu Pet também podem afetar a sua saúde


Você sabia que doenças parasitárias do seu pet podem afetar a sua saúde e a da sua família também?


Olá amigas Proseiras, tudo bem?
Faz algum tempo que não proseamos sobre o a saúde dos nossos pets, então vamos colocar nossa prosa em dia?
Vamos prosear sobre o quanto as doenças parasitárias nos pets podem interferir na saúde humana, ou seja, podem causar doenças em você ou na sua família.



doenças parasitárias,doença de lyme,febre maculosa,vermes em cão,vermes em gato,doenças de pele,doença do carrapato,erupções cutâneas,inchaço,urticária,pet

Os pets são considerados parte da família: ficam dentro de casa, sobem no sofá e, alguns sortudos, até dividem a cama com seus donos. 
Além disso, é comum ganharem beijos e abraços como demonstração de carinho. E é por isso que vale alertar que pets, se doentes, podem transmitir sérias doenças aos humanos.
Muitas vezes, por conta da rotina corrida, alguns cuidados são deixados de lado e é aí que os riscos de contaminação aumentam. 
Ninguém quer ver seu pet sofrendo por conta da saúde afetada e, com certeza, ninguém quer ver sua família, ou sua própria saúde, prejudicada por conta de um descuido. 
Entre os humanos mais afetados estão idosos e crianças, essas últimas porque não medem esforços para agradar cães e gatos e também porque brincam no chão, onde os ovos de parasitas infecciosos podem ser encontrados. 
Por isso, a palavra de ordem é PREVENÇÃO.

doenças parasitárias,doença de lyme,febre maculosa,vermes em cão,vermes em gato,doenças de pele,doença do carrapato,erupções cutâneas,inchaço,urticária,pet

O pelo, a saliva, as patas, a urina e as fezes dos pets podem conter microrganismos capazes de causar doenças nos humanos. 
Mas isso não quer dizer que é preciso se afastar deles. De maneira alguma! 
Basta que infestações e doenças sejam evitadas e, para isso, vale consultar um veterinário que ajude a manter a carteira de vacinação em dia e a manter em dia também a manutenção de medicamentos contra a ação de parasitas (pulgas, carrapatos e mosquitos, por exemplo). 
E, para ficar tranquilo e protegido, é importante usar somente produtos adequados que devem ter ação rápida contra pulgas, carrapatos, ser repelente contra mosquitos e também eliminar os estágios imaturos das pulgas no ambiente para evitar uma infestação. 
Para mais informações, informe-se no site dos produtos Vectra Gatos e Vectra 3D, para cães.

doenças parasitárias,doença de lyme,febre maculosa,vermes em cão,vermes em gato,doenças de pele,doença do carrapato,erupções cutâneas,inchaço,urticária,pet

Importante também é ficar de olho nos sintomas: coceira, erupções cutâneas, inchaço ou urticária podem indicar infecção causada por pulgas que transmite, entre outras doenças, a dipilidíase. 
Além da conhecida e temida doença do carrapato, este parasita pode também ser responsável pela transmissão de pelo menos mais 10 doenças entre elas a doença de lyme e a febre maculosa. 
Os nomes são complicados e livrar-se dessas doenças pode ser também. Por isso, fique de olho na saúde do seu pet!
Dito isso, é muito importante reforçar que ninguém precisa mudar a rotina ou se afastar do seu pet. 
A parceria e cumplicidade continuam!

Afinal, vida de gato e vida de cão tem que ser incrível!

Se você gostou das nossas dicas deixe nos comentários sua opinião, se você tem alguma sugestão para nossa prosa coloque nos comentários que no próximo post podemos fazer uma prosa sobre o assunto.


Bjinhos e até a próxima!


13 comentários:

  1. Adorei o post
    temos que cuidar no nossos bichinhos né
    e com essas dicas vai ajudar muitas pessoas
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Verdade viu, por isso evito ao máximo máximo meu Doug suba na cama, sob e talos.

    ResponderExcluir
  3. Gostei do post!! Realmente temos que cuidar dos nossos pets! Uma vez um dos meus pegou a doença do carrapato, ficou muito mal, mas graças se recuperou!!! Abraços

    www.biashaina.com.br

    ResponderExcluir
  4. Muito informativo o seu post, é muito importante saber dessas informações de como cuidar dos nossos bichinhos, eles merecem toda a nossa atenção, é uma forma de cuidar deles e da nossa família. Cuidando deles estamos preservando a vida dele sem precisar afastar ele da nossa presença, gostei demais das dicas, bjs.

    ResponderExcluir
  5. mt esclarecedor e completo esse post, temos que cuidar mt bem dos nossos bichinhos, assim eles ficam saudaveis, e nós tbm!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Adorei todas as informações, bem explicativo

    ResponderExcluir
  7. Ola Fernanada, muito bom seu post, tenho uma cachorrinha que esta muuuito acostumada a ficar dentro de casa e chega a dormi as vezes com agente, não estou gostando disso pois sei que tenho que tomar cuidados, amei, vou ficar mais atenta e ter atitudes mais preventivas :)

    Obrigada <3

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post! Não sabia que pulgas também davam doenças não. Tenho dois dálmatas que vivem dentro de casa, sou bem paranóica com eles, tudo sempre limpinho, dou Bravecto regularmente e uma vez por mês os levo no veterinário. Eles são super saudáveis, porém os cachorros do meu vizinho tem de tudo e mais um pouco, já vi até carrapatos passando por cima do muro, fico indignada e triste com a negligência deles com os cãezinhos e tbm pela falta de higiene. Sem contar o medo que passo de pegar alguma doença que venha de lá. Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Que legal esse post para a gente prestar atenção nos nossos pets.
    Eu estou pensando em adotar uma gatinha e é bom aprender um pouco já antes dela chegar.

    ResponderExcluir
  10. Eu amei seu texto, meu esposo não deixou a minha neném brincar com os cachorros enquanto eles não regularizaram as vacinas (que estavam em falta nos pet shops)/
    Eu cuido deles como se fossem meus babys, mas não entram em casa de jeito nenhum.
    Vou enviar seu post pra amigas minhas que tem filhotes em casa.
    Beijinhosssss

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
  11. Post bem esclarecedor, não adianta apenas criar temos que cuidar com todo o amor, assim cuidamos dos pets e da nossa familia também, suas dicas foram valiosas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Verdade, todo cuidado é pouco quando se tratar de doenças e os pets realmente passam sim essas doenças para o ser humano bjo

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho meus pets e acho que temos que cuidar muito bem deles, é como você diz no post que a saúde deles reflete na nossa saúde.
    Aqui em casa cuidamos bem dos meninos, e temos muito amor por eles.

    ResponderExcluir

É sempre bom saber que você tirou um tempinho para me visitar e comentar.

Isso me deixa muito feliz e agradecida!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...